28 de dez de 2009

Pensamentos Rápidos

que se transformarão em algo que não quis dizer

A Leonardo Arruda


como ele sacou com conlusões mais rápidas ainda: gente sagaz com um arzinho de nada. Ele me disse que isso vai cansar e eu respondendo que esse é o meu propósito defendendo qualquer resquício de película de lirismo nos cantos dos olhos e um hálito de manacás dormidos. Não! Não é choque fácil que eu quero nem é ele que se choca fácil demais, sei lá o que é. Eu sei, mas não vou dizer pra não ficar com a bufadinha destinada ao saco de toda impaciência do universo. Não me maqueio, por isso olho pouco no espelho e quando estou sóbria demais poucas coisas fazem sentido. Melhor continuar no limiar do penúltimo piscar de olhares e línguas enroladas quando tudo a se fazer é só. Mas vou continuar falando assim. Angústia é palavra presa, né Ana? É sim. Freud andou dizendo que os 365 presentes é falta dentro do corpo. No espírito, não no santo, naquele maculado pelo tocar-se que afaga afaga afaga fricciona fricciona fricciona machuca machuca machuca e coça coça coça e se esquece quando no outro lado das minhas costas americanas desponta o comichão central que, por sua vez, se eriça para a ponta das unhas comidas feito serrinha de grade : pego uma caneta e vou aliviando a gritinhos e tremeliques; e digo "se emocione também com este meu alívio de cotonete" - não, ele está passando hidratante natural a base de figo português, árvore forte d'aonde deriva o nome que corto ao meio. Nome problemático. Queria mesmo que fosse Monteiro de Figos, coisa amachucada e muito doce, mas tudo insiste em se derivar, até as reprimendas. Mamãe é de Portugal, papai, claro, da Espanha e eu sou dos mouros: cabelo persa e confuso, sobrancelha grave e uma espada dorsal curvada: oxalá, empurrando o pé da montanha qualquer lugar a um Estado de casa! Pois ainda por baixo sou de água para o fogo! Olhei o desenho e pensei: Se fosse fogo mesmo mais pareceria uma Mula sem cabeça. Coisa mais absurda, gente. Coisa sem caber em lugar nenhum nesse mundo com tanta gente acordada ao mesmo tempo e ele acorda tão cedo. Mas sinto sono e é melhor dizer que eu só queria que, nesse corpo de palavras, houvesse uma tatuagem de flor pra ficar mais bonito e se ele não me disser que isso seca, nós não secamos.

24 de dez de 2009

SMS PARA CALIXTO II.

Enquanto o teu
poema
perde a levada
McCartney,
eles reverberam
na sala de
Starrrrrrrrrrrrr:
Good night, sleep tight

22 de dez de 2009

SMS PARA O RH

Se conseguisse
eu quebrava
perna,
braço,
bacia
baço,
só para colocar no atestado que
realmente dói,
mas só posso provar aquilo que,
embora em menor intensidade,
permanece.

15 de dez de 2009

SMS VIA BLUETOOTH.

Meu motor tem 1 cavalo
de olhos bem abertos
e assustados;
com dentes.

11 de dez de 2009

sonífera.

soo a sono sem
sossego
suo a sonsa
sonolência
solto à sombra do
solstício
seu sôfrego batuque tropical.

7 de dez de 2009

SMS PARA CALIXTO.

Seu sol resolveu
aparecer
nos meus fones de ouvido.
[space]
and I say it's all right.