8 de nov de 2010

Zeitgeist.

_ na rua do catete L. disse que finalmente conseguiu passar no exame de direção e decidiu há pouco que irá até angra sozinha: cabelos ao vento no seu pálio 98 ouvindo alguma balada de refrões óbvios e explosivos no próximo sábado ensolarado.

_ S. avistou uma borboleta campestre em plena rebouças ao claro das 17:56. respirou fundo e forjou um cheiro de azaléias do jardim de sua avó que quase nunca viu. resolveu deixar a noite augusta de lado para ler sartre no parque da luz no domingo.

_ R. pensou em alguma poesia enquanto descia a rua da bahia e quando pisou na afonso penna descobriu que a rima estava bem debaixo daquela sombra projetada às 15:28 pelas árvores do parque municipal.

É tempo de verão e o que poucos notaram foi que subiram um tom no jingle da coca-cola entre os intervalos da novela de noites abafadas.

31 de out de 2010

Bolero de Ariadne

ainda pensei no fluxo de voltar como se eu nunca tivesse ido, mas o que me negava era com sorriso de alívio. engoli todo o caminho que devolvi no vaso de porcelana rachado e, enquanto ainda respirava, prometi a mim mesma não repetir a dose. foi o tempo de me recompor, de achar alguma finura no gesto de recusar o último gole, de mexer no fundo do copo três cubos de medo com as pontas dos dedos dormentes. foi só esse o tempo de saber que o giro termina sempre no mesmo lugar e que vou cair (ah vou) no meio do salão: solta.


31 de jan de 2010

Opus Dei

Dei a César o que é de César
Mas César queria mais
Dei a César tudo que é de César
Mas César queria tudo e mais
Dei a César tudo que é e não é de César
Mas César queria tudo que é e não é e mais
Dei a César tudo que não queria dar e que era e não de César
Mas César queria Deus

Dei a César Adeus

E depois
não
escutei
Mais

O que é que aquele queria.

22 de jan de 2010

Finda Camada de Van Gogh

cante alguma canção de ir embora
e diga que será amigo
até o fim
do primeiro desvio,
na última curva do s



17 de jan de 2010

Movimentos

Conflitos ideológicos com sol na casa 3 e lua na casa 4
Desenvoltura comunicativa com mercúrio em gêmeos
Jornal do meio sol na casa 1
Bate boca na esquina em júpiter em sextil com mercúrio natal
Ramones em sagitário e
sonatas de piano contemporâneo com recuo de marte
Catequese na era de peixes
Telefone fora do gancho no retorno de saturno
Clausura cancerígena

O próximo arrependimento virá antes do derramamento de aquário]

Tempo de chuvas
Finda as águas
para nos agarrarmos
com pinças
a estiagem morna
no meridiano sul
latitude e longitude
das paredes do quarto

Floragem de vênus em vertex para terra
deslocando-se para qualquer
uma
das dozes casas:

Eixo eólico rotativo.

Em São Paulo, tempo bom para quem pretende
viajar para fora do Estado.




9 de jan de 2010

borboletinha da capital.

angelita compôs a introdução
no bandolim
escolheu entre dois refrões
um que falava de
botânica
libertária
e outro de
amor
romântico
mandou o e-mail passionnée
para papillon da banda cover
insectusuicide
tomou banho com óleo de nectar
natura da vizinha
e foi trabalhar no atendimento
produto: redinhas
na volta ainda pensou
em bordar no jeans
sobre a mancha da caneta
uma ópera rock 90's
pra abafar o som
histerifônico
das mariposas industriais
no transporte público
algumas apostilas
aspirada a planar alta
no concurso público
da monarca
e ter em qualquer jardim
uma mosaicultura
e colocar na merenda da segunda
e última crisálida
um ensopatinho de margaridas
pra depois costurar
o paraquedas em seda forte

baixio d'aquelas mesmas.

lá pelas 23:50
naquele bar
do outro lado da
breja augusta
entre 3 assuntos
à gosto
vi minha vênus atravessando
o cruzamento
na caruda
como se ninguém tivesse
notado
o salto
entre as casas
e foi se atracar
com uma leoniña
depois de gorfar
na casa de uma ascendente
a virgem.

véxi,

saí fora antes que o metrô fechasse.